Ourinhos 31 de Outubro de 2014





 Negocios 
Ourinhos vai construir casas pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”


O prefeito Toshio assinando o Termo de Adesão juntamente com o presidente da Câmara, Toninho do PT, o superintendente regional de Bauru José Paulo e a gerente regional, Selma, o gerente Fernando e o secretário Roberto

25-5-2009

Ourinhos será contemplado com o programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal. Anteriormente, este programa habitacional beneficiaria cidades acima de 100 mil habitantes e após pedidos da população para que fosse ampliado, o Governo Federal está levando o programa para os 5.562 municípios do Brasil.

O Prefeito de Ourinhos Toshio Misato assinou na manhã do dia 15, o Termo de Adesão entre a Caixa Econômica Federal (CEF) e a Prefeitura de Ourinhos. O Presidente da Câmara Municipal de Ourinhos, Antônio Amaral Júnior (Toninho do PT) também participou da reunião que visa reduzir o déficit habitacional no município.

O intuito deste programa do Governo Federal é viabilizar a construção de 1 milhão de moradias para famílias com renda de até 10 salários mínimos, em parceria com Estados, Municípios e Iniciativa Privada, visando impulsionar a economia, gerar empregos e trazer reflexos positivos para toda a sociedade.

Durante assinatura do Termo de Adesão, Toshio destacou a importância da “Minha Casa, Minha Vida”. “Estes programas são relevantes porque vão suprir a necessidade de muitas famílias com casas populares, que vão sair do aluguel e ter um lar”, frisou Toshio.

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal da região de Bauru, José Paulo Gomes de Amorim, também ressaltou a importância desse programa.“É uma ótima parceria e acima de tudo é um passo importante para diminuir o déficit habitacional em todo País”.

Ainda está em avaliação quantas casas serão construídas em Ourinhos neste programa “Minha Casa, Minha Vida”. Conforme informações do Governo Federal, os limites de valores do imóvel e da prestação vão variar de acordo com a faixa de renda e a região.

O público alvo do programa é o seguinte:

* Famílias com renda de até 3 salários mínimos: parte subsidiada com parcela mínima de R$ 50,00 e máximo de 10% da renda e no prazo máximo de 10 anos;

* Famílias com renda entre 3 e 6 salários mínimos: aumento do subsídio parcial em financiamentos com redução dos custos do seguro e acesso ao Fundo Garantidos;

* Famílias com renda de 6 a 10 salários mínimos: estímulo à compra com redução dos custos do seguro e aceso ao Fundo Garantidor.

Também participaram da assinatura do Termo de Adesão, na Prefeitura de Ourinhos, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Roberto Alves de Oliveira, a gerente regional de Negócios de Bauru Selma Peres Rubira e o gerente geral da CEF Ourinhos, Fernando César Ribeiro. A inscrição deste programa será feita em conjunto entre a Prefeitura e a CEF, aproveitando as inscrições já feitas pelos munícipes.




Fonte:

 
Veja mais:

> ATENÇÃO MOTORISTAS conversão à esquerda está proibida na Rua Lopes Trovão com Julio Mori
> Reunião de Empresários acontece na próxima terça- feira na AERO
> Vacinação contra a Gripe atinge mais de 83% dos grupos da campanha
> Estão abertas inscrições para palestra “Literatura na sala de Aula”
> Prefeitura retoma obras do Necrotério de Ourinhos
> Secretaria de Aviação Civil abre licitação para contratação dos serviços técnicos de engenharia
 
Comentários
 
Nome: vera
Email: verav0922@hotmail.com
Comentario: quanto tempo seram entregue essas casas em ourinhos.

 
 
Nome:
Email:
Comentario:
 
 





www.ourinhos.net